Buscar
  • Sandra Freitas

Cafeína, vicia?



Olá! No nosso desvendando a Química, vamos falar um pouquinho da cafeína que está presente no dia a dia de muitos brasileiros no café chocolate, chás e até mesmo em medicamentos e produtos estéticos.

A cafeína é um composto orgânico da família dos alcaloides. Os alcaloides, por sua vez, são aminas cíclicas que apresentam anéis heterocíclicos contendo nitrogênio. Além de ser um alcaloide, a cafeína é uma amida (substância que apresenta o nitrogênio ligado a um grupo carbonila).

As principais fontes de obtenção da cafeína são a semente do café e a folha de chá-preto. Nós temos também na erva-mate e o guaraná também contêm cafeína, mas a sua extração ainda não é realizada nesses materiais.

A cafeína é estimulante do sistema nervoso central, com isso muitas vezes as pessoas a consomem para permanecer acordadas ou mais atentas por mais tempo. No entanto, seu efeito para essa finalidade é muito passageiro, assim a pessoa aumenta as doses, como por exemplo, passa a tomar mais xícaras de café ao longo do dia.

Assim como todo alcaloide, a cafeína causa dependência química, o consumo excessivo de cafeína pode levar até mesmo à morte, pois pode causar irritabilidade, insônia, diarreia e palpitações no coração.

Devemos prestar atenção naquilo que gostamos, o tanto que podemos e o tanto que devemos!


10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo